O caminho faz-se devagar…

O caminho faz-se devagar…
(em breve, numa revista perto de si!)

Tratando-se de um convite do Eng. Etelberto Costa, sem dúvida um dos especialistas em e-Learning mais entusiastas no nosso país, não poderia deixar de responder com o meu testemunho sobre o caminho percorrido desde que, em finais dos anos 90, mergulhámos neste mundo novo que representam as tecnologias ao serviço de fins educativos.

Dada a limitação do espaço, ficar-me-ei por relembrar alguns dos momentos mais marcantes do ponto de vista pessoal.

São eles: a escrita de um artigo já diretamente relacionado com o tema do e-learning (1999); a integração da equipa que lançou a Academia Global, um grande projeto pioneiro em Portugal, mas que viria algum tempo mais tarde a ser vítima da chamada “bolha tecnológica” (2000) ; a realização de um curso de especialização nos EUA sobre Skills for eTrainers dirigido pelo maior guru a nível mundial nessa época – Elliot Masie (2000); a visita ao MASIE Center Learning Lab, um edifício construído de raiz para se dedicar integralmente à investigação sobre e-Learning (2000); a criação de uma unidade curricular dedicada ao estudo de Estratégias de Formação Síncrona no curso de mestrado presencial recém criado na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação – Mestrado em Tecnologias em Educação (2004); a criação e orientação de vários Cursos de Verão na Universidade de Lisboa sobre a temática do e-Learning destinado a profissionais de diferentes áreas (2004-2005); a coordenação do Ensino a Distância para a Itinerância, um projeto do Ministério da Educação para filhos de trabalhadores itinerantes poderem fazer a escolaridade do 5º ao 12º anos em Portugal (2010-2013); a escrita de um capítulo de livro, desta feita apresentando e refletindo sobre a experiência enquanto e-Professor de uma unidade curricular totalmente a distância no mestrado de TIC e Educação do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa (2012).

Apenas alguns flashes de uma já longa caminhada, mas em que permanece a sensação de estar tudo por fazer…