Arquivo da categoria: Currículo

Programação, inovação e criatividade

13002405_10207850570895973_7575323204634170732_o
Encontro Nacional PIC TIC – Programação, Inovação e Criatividade no 1.º CEB e Pré-Escolar.
21 de Maio, Sábado, Universidade de Aveiro, Departamento de Educação.
Uma organização do Centro de Competência TIC da Universidade de Aveiro.

Objectivos: Juntar professores do 1.º CEB e Educadores de Infância, interessados em aprofundar conhecimentos nas áreas da programação, gamificação, narrativas digitais, animação… com as TIC. Criar um espaço de partilha e debate que permita aos professores e educadores fazer um intercâmbio de ideias e experiências proveitoso para todos.

Mais um encontro onde estaremos para trocar ideias com colegas e amigos, participando no conferência inaugural com João Correia de Freitas e Maria José Loureiro, que modera. Num formato muito informal, na linha de um pictic sobre aprendizagem com tecnologias.

Colóquios da Neve

O Centro de Formação da Associação de Escolas da Beira Interior (CFAEBI), em parceria com a Universidade da Beira Interior e a Câmara Municipal da Covilhã promove os Ios Colóquios da Neve na Covilhã, nos dias 29 e 30 de abril de 2016. Vão decorrer no Edifício da Faculdade de Engenharia da Universidade da Beira Interior – Covilhã.

COLÓQUIOS da NEVE – 1º Edição

Uma sala de aula em todo o lado
O Educador no Séc. XXI – ferramentas tecnológicas essenciais
Autonomia do professor e sucesso escolar

  • Como ensinar e aprender no Século XXI?
  • Onde estamos no domínio das TIC?
  • Que caminhos para o sucesso escolar?

Lá estaremos participando num dos painéis, com uma palestra com o título seguinte:

Reflexões sobre o papel do professor e da escola numa sociedade tecnologicamente mais evoluída.

Qualquer que seja o cenário mais ou menos tecnológico que consigamos antecipar, a escola do futuro não deixará de continuar a exigir a ação concertada de um conjunto de áreas determinantes que vão desde a definição do currículo à preparação dos agentes educativos, passando pela ação da liderança das escolas ou da investigação sobre os processos de ensinar e aprender.

Contrariando a ideia inicial de que as tecnologias digitais iriam mais tarde ou mais cedo assumir o controle do processo de ensino, parece ser já hoje cada vez mais evidente a importância da escola, e do professor em particular, na exploração e mediação das aprendizagens a que as tecnologias de informação e comunicação digitais vêm expor os jovens desde as mais tenras idades.

A palestra, integrada no painel “A Educação do futuro: As tecnologias e seu contributo para uma educação sustentada”, pretende ser sobretudo uma achega para a reflexão sobre estas questões, destacando em particular a importância decisiva do papel do professor numa escola e numa sociedade tecnologicamente mais avançadas e cujas implicações importa equacionar.

Reflexões gratificantes…

Uma de muitas reflexões de uma aluna sobre o trabalho que fazemos na Licenciatura em Educação e Formação, logo no 1º ano, com jovens de 18 ou 19 anos e que nos dão grande satisfação. Sobretudo pelo que tem sido a nossa abordagem ao longo dos anos, desde 1996, com uma metodologia assente nos mesmos princípios científicos e pedagógicos fundadores, independentemente das ferramentas usadas.

Unidade Curricular: Tecnologias da Educação e da Formação – Licenciatura em Educação e Formação – 1ºano 1º semestre – Instituto de Educação, Universidade de Lisboa

Continuar a ler Reflexões gratificantes…