Arquivo da categoria: Aulas

à volta de PLE

Explorando o conceito de ambiente pessoal de aprendizagem no contexto do ensino superior: estratégias de trabalho e resultados, dia 20 de abril, entre as 15h00 e as 18h00, na Sala do Senado, Edifício Central da Reitoria, UA.

A sessão dinamizada por Fernando Albuquerque Costa, do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, insere-se nas ações a realizar no âmbito do Projeto FICA, que está a ser desenvolvido na Universidade de Aveiro e que tem como objetivo geral contribuir para a melhoria do sucesso académico e a diminuição do abandono escolar.

Pretendemos nesta sessão promover um espaço de discussão e debate à volta do conceito de ambiente pessoal de aprendizagem, e como este poderá ser explorado em contexto do ensino superior.

A sessão é aberta a todos os docentes, diretores de curso e outros membros da comunidade interessados em contribuir para a melhoria da qualidade da formação na UA

Reflexões gratificantes…

Uma de muitas reflexões de uma aluna sobre o trabalho que fazemos na Licenciatura em Educação e Formação, logo no 1º ano, com jovens de 18 ou 19 anos e que nos dão grande satisfação. Sobretudo pelo que tem sido a nossa abordagem ao longo dos anos, desde 1996, com uma metodologia assente nos mesmos princípios científicos e pedagógicos fundadores, independentemente das ferramentas usadas.

Unidade Curricular: Tecnologias da Educação e da Formação – Licenciatura em Educação e Formação – 1ºano 1º semestre – Instituto de Educação, Universidade de Lisboa

Continuar a ler Reflexões gratificantes…

Recomeçando…

Ora aí está algo interessante para ajudar a recomeçar, cortesia do Carlos Sanches, em A Rede Educa:

“Conhecer o humano não é separá-lo do universo, mas situá-lo nele. Todo conhecimento, para ser pertinente, deve contextualizar seu objeto. ‘Quem somos nós?’ é inseparável de ‘Onde estamos, de onde viemos, para onde vamos?’”
(Do livro A cabeça bem-feita, de Edgar Morin)

Ou a cortesia do Nelson Pretto, com uma sempre divertida recriação.

challenges

TACCLEvfinal

COSTA, Fernando;  CRUZ, Elisabete & RODRIGUEZ, Carla (2015). TACCLE2 – Propostas de Atividades Didáticas Com Tecnologias Digitais. In M.J.Gomes, A. Osório & J. Valente (Eds.), Actas da IX Conferência Internacional de Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação, Challenges 2015. Meio Século de TIC na Educação. Braga: Centro de Competência da Universidade do Minho. 1062-1067.

as narrativas digitais dos alunos

Não é costume dar aqui conta de trabalhos dos alunos da licenciatura, sobretudo por se tratar de trabalhos com fins académicos, mas estes dois têm um gosto especial, pois denotam o forte envolvimento dos seus autores para com a licenciatura que abraçaram. Mesmo com os problemas técnicos que muito parecem ter afetado alguns.

Práticas de qualidade

PraticasQualidade

Seminário “Práticas de Qualidade: Resultados no Ensino Superior”. Estaremos lá apresentando o trabalho que temos feito, desde há alguns anos a esta parte, em especial nas nossas disciplinas de licenciatura e de mestrado.

Nome da prática: escol@21 – aprender em ambiente personalizadoDescrição: Estudo sobre o modo como um grupo de estudantes de licenciatura percepcionou o trabalho autónomo desenvolvido na gestão dos seus próprios espaços individuais de aprendizagem a partir da Escola 2.0, um espaço de trabalho online, aberto, de suporte à actividade desenvolvida pelos estudantes no âmbito de algumas unidades curriculares de licenciatura, mestrado e doutoramento do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa.