Arquivo da categoria: E-learning

Curso LIDIA aberto!

image

A partir de junho, passa a estar disponível a possibilidade de realização on-line do Curso Dinâmicas de Literacia Digital de Adultos (Curso LIDIA), promovido pelo Instituto de Educação da Universidade de Lisboa.

O curso enquadra-se numa estratégia de difusão das propostas de atividades com tecnologias desenvolvidas no contexto do projeto LIDIA, um projeto recentemente distinguido pela FCT, através da Rede TIC e Sociedade. Este curso tem como principal objetivo ajudar os profissionais a promoverem a literacia digital dos adultos com quem trabalham e dirige-se sobretudo a formadores, animadores, técnicos superiores de educação e técnicos da área social inseridos em contextos de formação formais e não formais que intervêm na mediação e concretização de ações dirigidas a adultos com fraca literacia digital.

Trata-se de um curso realizado totalmente a distância, de forma autónoma e independente, suportado por um guião de trabalho num ambiente online no qual cada formando gere o seu percurso livremente em função da sua disponibilidade. Foi desenvolvido para poder ser realizado por cada um num intervalo médio de 6 semanas, num total de 25 horas de trabalho previsto.
Para se inscrever no curso basta aceder a http://cursolidia.ie.ulisboa.pt/ , clicar no menu “entrar” e fazer um novo registo. O acesso ao curso e a utilização dos recursos é gratuita e não implica avaliação ou certificação final.

A avaliação final do curso é facultativa. No entanto, se pretender ver a sua aprendizagem reconhecida com um Certificado de Formação Profissional, atribuído pelo Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, deve seguir as indicações de avaliação definidas, apresentando, no final, um portefólio eletrónico com os produtos realizados durante a formação. Este processo tem um custo de inscrição formal de 50€.

Para obter informações mais detalhadas sobre o curso, consulte o Guião do Curso LIDIA, disponível em https://goo.gl/0DI661.

CURSO LIDIA

curso lidaTeve hoje início o Curso Dinâmicas de Literacia Digital de Adultos, como perto de 60 participantes inscritos. Esta primeira edição do curso totalmente online e aberto decorrerá ao longo de seis semanas. Depois disso, qualquer pessoa poderá inscrever-se e realizar o curso a qualquer momento. Como se dizia no princípio da febre do e-Learning, um formando pode aceder de qualquer lugar, a qualquer momento, 24 horas sobre 24 horas, 7 dias por semana. Faça-lhe uma visita.

CONVITE CURSO LIDIA

curso lida Decorrerá entre 18 janeiro 2016 e 22 de fevereiro de 2015, a primeira edição elearning do Curso Dinâmicas de Literacia Digital de Adultos (Curso LIDIA), promovida pelo Instituto de Educação da Universidade de Lisboa

O curso enquadra-se nas atividades do projeto LIDIA, um projeto recentemente distinguido pela FCT, através da Rede TIC e Sociedade. Tem como principal objetivo ajudar os profissionais a promoverem a literacia digital dos adultos com quem trabalham.

Podem inscrever-se e participar, de forma gratuita, formadores, animadores, técnicos superiores de educação e técnicos da área social inseridos em contextos de formação formais e não formais que, em Portugal, intervêm na mediação e concretização de ações dirigidas a adultos com fraca literacia digital.

A formalização da inscrição pressupõe o preenchimento da Ficha de Pré-inscrição até ao dia 28 de dezembro de 2015, disponível em http://goo.gl/forms/3vLDbwgwWS.

Uma vez que o curso está limitado a 40 vagas, os participantes serão selecionados em função de critérios que assegurem, tanto quanto possível, a concretização dos objetivos previstos. Nesse sentido, serão aplicados 2 critérios de seleção: 1º – Cumprimento dos pré-requisitos previamente estabelecidos. 2º – Ordem de Inscrição.

Para obter informações mais detalhadas sobre o curso, consulte o Guião do Curso LIDIA, disponível em http://goo.gl/AawiZa.

O futuro é o (giz) vídeo

Um apontamento da conferência PANOPTO 2015 sobre o futuro do vídeo na aprendizagem na universidade. Sessão muito concorrida, com representantes de diversos países europeus. A PANOPTO é uma plataforma que nasceu na universidade (Carnegie Mellon) para resolver problemas da própria universidade, em tempo de tecnologias poderosas. Como o poder que tem (poderá ter) o vídeo quando na mão de professores, mas também e, talvez, sobretudo, na mão dos estudantes. O vídeo é hoje, afinal, uma tecnologia nativa para os mais novos…  
 

Mais informação sobre o potencial pedagógico do que se está a falar, pode ser visto em muitos exemplos e casos apresentados no site da empresa.

Desenho de mooc

Acaba de ser publicada a obra em que tivemos oportunidade de publicar um texto sobre o desenho de cursos MOOC.

Costa, F., Moura Santos, A., Silva, A. & Viana, J. (2015). Guiões para desenho de cursos mooc. In MEC. Experiências de Inovação Didática no Ensino Superior. Lisboa: MEC. 327-342. novo

Resumo: Desde o seu aparecimento, há cerca de uma dezena de anos, os Massive Open Online Course (MOOC) têm vindo a gerar um interesse considerável no ensino superior a nível mundial, tornando-se fundamental refletir, tanto do ponto de vista pedagógico, como do ponto de vista tecnológico e mesmo dos conteúdos abordados, sobre os procedimentos envolvidos na sua conceção e desenvolvimento. É nesse âmbito que se apresenta o presente trabalho, parte integrante de um projeto de levantamento de boas práticas e de linhas de ação para o desenho, planeamento e produção de MOOC no contexto do ensino superior em Portugal na área de Science, Technology, Engineering, Mathematics (STEM). O principal objetivo é sistematizar princípios orientadores do desenho e da produção de MOOC, com base na reflexão e no trabalho prático que tivemos oportunidade de fazer visando a criação de modelos de guiões para este tipo de cursos, incluindo a elaboração de orientações para a produção de cada uma das suas partes constituintes.

Guiões MOOC

GUIÕES PARA DESENHO DE CURSOS MOOC

Fernando Albuquerque Costa (Instituto de Educação, ULisboa)
Ana Moura Santos (Instituto Superior Técnico, ULisboa)
Alexandre Guedes da Silva (FCHS, Universidade Lusíada de Lisboa)
Joana Viana (Instituto de Educação, ULisboa)

Resumo: Desde o seu aparecimento, há cerca de uma dezena de anos, os Massive Open Online Course (MOOC) têm vindo a gerar um interesse considerável no ensino superior a nível mundial, tornando-se fundamental refletir, tanto do ponto de vista pedagógico, como do ponto de vista tecnológico e mesmo dos conteúdos abordados, sobre os procedimentos envolvidos na sua conceção e desenvolvimento. É nesse âmbito que se apresenta o presente trabalho, parte integrante de um projeto de levantamento de boas práticas e de linhas de ação para o desenho, planeamento e produção de MOOC no contexto do ensino superior em Portugal na área de Science, Technology, Engineering, Mathematics (STEM). O principal objetivo é sistematizar princípios orientadores do desenho e da produção de MOOC, com base na reflexão e no trabalho prático que tivemos oportunidade de fazer visando a criação de modelos de guiões para este tipo de cursos, incluindo a elaboração de orientações para a produção de cada uma das suas partes constituintes.

Palavras-chave: elearning; MOOC; conteúdos educativos digitais; desenho e produção de MOOC.

 

O caminho faz-se devagar…

O caminho faz-se devagar…
(em breve, numa revista perto de si!)

Tratando-se de um convite do Eng. Etelberto Costa, sem dúvida um dos especialistas em e-Learning mais entusiastas no nosso país, não poderia deixar de responder com o meu testemunho sobre o caminho percorrido desde que, em finais dos anos 90, mergulhámos neste mundo novo que representam as tecnologias ao serviço de fins educativos.

Dada a limitação do espaço, ficar-me-ei por relembrar alguns dos momentos mais marcantes do ponto de vista pessoal.

São eles: a escrita de um artigo já diretamente relacionado com o tema do e-learning (1999); a integração da equipa que lançou a Academia Global, um grande projeto pioneiro em Portugal, mas que viria algum tempo mais tarde a ser vítima da chamada “bolha tecnológica” (2000) ; a realização de um curso de especialização nos EUA sobre Skills for eTrainers dirigido pelo maior guru a nível mundial nessa época – Elliot Masie (2000); a visita ao MASIE Center Learning Lab, um edifício construído de raiz para se dedicar integralmente à investigação sobre e-Learning (2000); a criação de uma unidade curricular dedicada ao estudo de Estratégias de Formação Síncrona no curso de mestrado presencial recém criado na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação – Mestrado em Tecnologias em Educação (2004); a criação e orientação de vários Cursos de Verão na Universidade de Lisboa sobre a temática do e-Learning destinado a profissionais de diferentes áreas (2004-2005); a coordenação do Ensino a Distância para a Itinerância, um projeto do Ministério da Educação para filhos de trabalhadores itinerantes poderem fazer a escolaridade do 5º ao 12º anos em Portugal (2010-2013); a escrita de um capítulo de livro, desta feita apresentando e refletindo sobre a experiência enquanto e-Professor de uma unidade curricular totalmente a distância no mestrado de TIC e Educação do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa (2012).

Apenas alguns flashes de uma já longa caminhada, mas em que permanece a sensação de estar tudo por fazer…

MOOC?

SANTOS, Ana; COSTA, Fernando; VIANA, Joana & SILVA, Alexandre (2015). Estratégias para Desenho e Produção de Vídeos para Cursos em formato MOOC. In M.J.Gomes, A. Osório & J. Valente (Eds.), Actas da IX Conferência Internacional de Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação, Challenges 2015 Meio Século de TIC na Educação. Braga: Centro de Competência da Universidade do Minho. 828-840.